elektronik sigara e sigara - Royal honey

Boletim Agosto 2 – SINAES

topo_boletim

 

CONSIDERAÇÕES SOBRE O INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO  SINAES

Entre os dias 17 e 19 de agosto de 2016, durante o 23º Encontro Regional e 2º Encontro Nacional de Serviços-Escola de Psicologia realizado em São Paulo, as representantes da ABEP Angelina Pandita Pereira, Iraní Tomiato e Suenny Fonsêca de Oliveira, analisaram o novo instrumento de avaliação de cursos de Graduação do SINAES, Portaria MEC no. 386 de 10 de maio de 2016 e elaboraram a síntese abaixo.

De modo geral, o instrumento do SINAES estimula os cursos a enfatizarem, no processo ensino-aprendizagem, nas atividades práticas, estágios e na formação acadêmica como um todo, seu compromisso e integração  com as políticas públicas e com as redes de assistência social, à  saúde, à educação  e com a comunidade, ressaltando a importância da articulação teórico-prática e do compromisso ético-social.

Além disso, é possível que, seguindo a lógica de tendência na avaliação dos cursos de saúde, caminhemos para uma pactução institucional, promovendo integração dos serviços-escola dos cursos com o SUS, obrigatória até agora apenas para os cursos de Medicina.

Ressalta-se ainda o destaque para a avaliação de práticas interprofissionais nos itens do instrumento, um passo além no caminho da interdisciplinaridade, que já tem sido estimulada nas DCN’s dos cursos de saúde. Essa preocupação revela o compromisso com os princípios de integralidade e a política de humanização. 

Há uma atenção específica às Licenciaturas, em diversos indicadores do instrumento, enfatizando também a preocupação com a relação entre IES, rede de ensino e com a integração teórico-prática.

 É importante destacar a presença de novos elementos, que aparecem como obrigatórios, tais como o Comitê de Ética em Pesquisa e a apresentação de registros sistemáticos dos 20% de carga horária a distância para os cursos que utilizam esse recurso metodológico.

A maior parte dos indicadores inseridos ou alterados dizem respeito aos cursos da área da saúde, entre os quais está a Psicologia, conforme definição no glossário do instrumento; e, entre eles, a grande maioria condiciona sua aplicação à existência do item nas DCNs do curso. Resta saber se essas mudanças no instrumento de avaliação dos cursos conduzirão a alterações nas DCNs da Psicologia, na direção das alterações que ocorreram nasDCNs da Medicina e daquelas que estão em curso em outras profissões da saúde.

A ABEP espera que essa análise possa auxiliar especialmente os coordenadores dos cursos de Psicologia na pauta “Avaliação de Curso” que será discutida no Fórum de Coordenadores da ABEP. Esse se constitui como um espaço consolidado de constante interlocução com os coordenadores de curso de Psicologia de todas as regiões do país. Assim, os coordenadores de cursos de Psicologia que ainda não participam desse fórum, sigam as instruções abaixo para se cadastrarem ou recadastrarem:

1. Envie uma mensagem para o email abep@abepsi.org.br com o assunto: Recadastramento de coordenadores;

2. Responda o breve questionário abaixo, no próprio corpo do email, com a maior brevidade possível;

 

CADASTRO ABEP DE COORDENADOR DE CURSO DE PSICOLOGIA

Nome do coordenador de curso:

Instituição de Ensino:                                       Campus:

Cidade:                                                           Estado:

Endereço:

Telefone:                                                         E-mail da coordenação:

 

            A ABEP deseja contribuir para qualificar cada vez mais a formação do psicólogo brasileiro através do diálogo que agrega diversas realidades institucionais com uma rica diversidade de experiência de formação em Psicologia. Para tanto, será necessário a atualização e correção de dados dos coordenadores dos cursos. Contamos com sua participação!  

 

 

CHAMADA PARA REVISTA PSICOLOGIA: ENSINO E FORMAÇÃO

 

A ABEP, fundamentada na crença da importância da circulação de ideias e da divulgação de pesquisas relacionadas ao ensino e formação em Psicologia, vem trabalhando intensamente para manter ativa a sua revista “Psicologia: Ensino e Formação”, realizando seu compromisso de difusão de conhecimento. Considerando este compromisso, convidamos professores, alunos, coordenadores e todos aqueles que tenham produção relacionada ao escopo da revista, para que encaminhem material para avaliação com vistas à publicação. A revista recebe submissões em fluxo contínuo e as informações sobre as normas e procedimentos de submissão podem obtidas através do acesso ao link: http://pepsic.bvsalud.org/revistas/pef/pinstruc.htm

Temos a convicção de que a colaboração de todos é necessária para que a revista ocupe lugar de destaque no cenário educacional do ensino e formação em Psicologia. Mudanças nos processos formativos dependem, para além de normas, orientações e instruções dos sistemas de regulação, da reflexão sistematizada e do compromisso de todos os agentes atuantes em contextos educacionais afetos ao ensino e formação em Psicologia.

O periódico criado pela ABEP para ser espaço privilegiado e qualificado da circulação de ideias sobre ensino e formação em Psicologia.

Contamos com sua colaboração!

 

            ROBERTA GURGEL AZZI

Editora da Revista Psicologia: Ensino & Formação

 

Informe de anuidade 2016 final

Caros associados, em breve entraremos em contatos novamente com novas informações relevantes à formação e ao ensino de Psicologia. Contamos com vocês Para Cuidar da Formação!