elektronik sigara e sigara - Royal honey

LICENCIATURA EM PSICOLOGIA

Acompanhe o histórico das DCNs: http://abepsi.org.br/historico-das-dcns/

Acompanhe a proposta apresentada pelo FENPB e ABEP para a proposta de reformulação do Ensino Médio para a Base Nacional Comum Curricular: http://abepsi.org.br/2016/03/18/texto-encaminhado-ao-mec-pelas-entidades-do-fenpb-na-consulta-publica-da-base-nacional-comum-curricular-elaborado-pelo-gt-de-licenciatura-do-fenpb/

 

Resposta do CNE acerca da formação de licenciados em Psicologia

Publicamos, para conhecimento de todos, a resposta que recebemos do CNE referente a solicitação de documento que explicita a obrigatoriedade da oferta de atividades referentes à formação de licenciados em psicologia:

http://www.abepsi.org.br/resposta-do-cne-acerca-da-formacao-de-licenciados-em-psicologia/

 

MARCOS LEGAIS: 

Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=7692-rces005-11-pdf&category_slug=marco-2011-pdf&Itemid=30192

Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura). Para pensar as contradições e complexidades da especificidade da Licenciatura em Psicologia: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17719-res-cne-cp-002-03072015&category_slug=julho-2015-pdf&Itemid=30192

 

RESOLUÇÕES:

RESOLUÇÃO Nº 5, DE 15 DE MARÇO DE 2011. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Psicologia, estabelecendo normas para o projeto pedagógico complementar para a Formação de Professores de Psicologia: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=7692-rces005-11-pdf&category_slug=marco-2011-pdf&Itemid=30192

RESOLUÇÃO Nº 2, DE 1º DE JULHO DE 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17719-res-cne-cp-002-03072015&category_slug=julho-2015-pdf&Itemid=30192

 

DISSERTAÇÕES:

Para pensar o histórico da formação da licenciatura, esta dissertação traz um detalhamento das legislações envolvidas no oferecimento da licenciatura até 2008: LEMOS, Letícia Siqueira. A identidade do licenciado em Psicologia: uma análise das regulamentações brasileiras entre 1962 e 2008. 112f. Dissertação (Mestrado em educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2008: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/IOMS-7LRGMN/1000000701.pdf?sequence=1

Esta dissertação traz um levantamento dos conteúdos dos cursos técnicos relacionados à Psicologia: MACIEL, Mariana Sobreira. Cursos técnicos: um campo de atuação para o licenciado em Psicologia na cidade de Belo Horizonte. 113f. Dissertação (Mestrado em educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, 2009: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/FAEC-83UMR5

 

PARA PENSAR A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO EM PSICOLOGIA:

Esta dissertação fundamenta a importância de cuidarmos da formação de professores de psicologia: PIRES, Fernanda Hampe. O ensino de Psicologia na educação profissional: (des) compromissos docentes com a saúde. 214f. Dissertação (Mestrado em educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009: http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/18259

Esta dissertação fornece muitos elementos para pensar a importância de uma licenciatura bem cuidada: Pandita-Pereira, A. (2011) Reflexões sobre o ensino de psicologia em Escolas Técnicas Estaduais de São Paulo. Dissertação de mestrado. Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, SP: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47131/tde-07112011-125004/pt-br.php

Para pensar a importância da psicologia na formação de crianças e jovens. Psicologia no Ensino Médio: desafios e perspectivas: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1413-389X2007000100003&script=sci_arttext

Para pensar a discussão da disciplina de Psicologia no Ensino Médio e o que ela nos revela sobre a ciência psicológica e a categoria profissional da Psicologia: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S2177-20612010000100006&script=sci_arttext

MERCH, Leny Magalhães. Casa de ferreiro, espeto de pau: o campo da psicologia no ensino médio: dilemas e perspectivas. In: SEVERINO, Antonio Joaquim; FAZENDA, Ivana Catarina Arantes. (orgs). Conhecimento, pesquisa e educação. Campinas: Papirus, 2001. p. 143–160.

 

DOCUMENTOS PRODUZIDOS EM PARCERIA ABEP-CRPSP (OU CFP) E SINPSI:

SOLIGO, Ângela; AZZI, Roberta. Psicologia no Ensino Médio. In: CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Seminário nacional do ano da educação psicologia: Profissão na construção da educação para todos. Brasília: CFP, 2009. p. 56–64: http://www.crpsp.org.br/portal/comunicacao/cadernos_tematicos/9/frames/fr_indice.aspx

O ensino da Psicologia no 2º grau – Síntese de um documento histórico produzido por uma ação CRP/SINPSI e Secretaria Estadual de Educação de São Paulo para formação de professores de Psicologia no Ensino Médio: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98931986000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

 

DOCUMENTOS HISTÓRICOS SOBRE ENSINO DE PSICOLOGIA NO ENTÃO 2 GRAU: 

CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA. (São Paulo). Psicologia no ensino de 2º grau: uma proposta emancipadora. Conselho Regional de Psicologia, 6º região, Sindicato de Psicólogos no Estado de São Paulo. São Paulo: EDICON, 1986: http://www.scielo.br/pdf/pee/v17n2/v17n2a18.pdf

E o conteúdo de documento reorganizado a partir da discussão com os professores que vinham tentando desenvolver a proposta acima:  SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Coordenadoria de estudos e normas pedagógicas. Proposta curricular de psicologia para o ensino de 2º grau. São Paulo: SE/CENP, 1992: http://www.abrapee.psc.br/xconpe/trabalhos/1/180.pdf

 

ARTIGOS:

As novas diretrizes curriculares: uma reflexão sobre a licenciatura em Psicologia: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2007000100004

Licenciatura em Psicologia: legislação e nova proposta curricular na Universidade do Estado Rio de Janeiro: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S1413-389X2007000100012&script=sci_arttext

O Projeto Pedagógico do curso de formação de professores de Psicologia do Instituto de Psicologia da USP (Para pensar a organização curricular, mas considerando que neste momento não haviam as Diretrizes da Licenciatura ainda e que a USP continua a seguir a legislação geral de formação de professores e não a específica da Psicologia): http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2007000100013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

A reinserção da disciplina de psicologia no ensino médio: as especificidades da psicologia e os desafios do atual contexto educacional: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?pid=S2177-20612010000100006&script=sci_arttext

Para pensar o campo de atuação este artigo traz o levantamento que dos cursos em que a/o licenciada/o em Psicologia pode atuar: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932012000400015&script=sci_arttext

 

LIVRO:

Licenciatura Em Psicologia: Temas Atuais (Sekkel, Marie Claire; Barros, Carlos César): http://www.saraiva.com.br/licenciatura-em-psicologia-temas-atuais-4995061.html